Pesquisar este blog

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Achaque de policiais causou ataques do PCC, diz estudo

Em março de 2005, um ano antes da rebelião em 74 presídios e dos ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC) nas ruas do Estado de São Paulo, Rodrigo Olivatto de Morais, enteado de Marcos William Camacho, o Marcola, líder da facção, foi sequestrado por policiais civis de Suzano, na Grande São Paulo. Só foi solto depois que Marcola pagou o resgate de R$ 300 mil. O chefe do PCC ficou indignado com o achaque. No dia 12 de maio de 2006, véspera dos ataques do PCC, Marcola fez um comentário no Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic): “Não vai ficar barato.”

Continua: http://br.noticias.yahoo.com/achaque-policiais-causou-ataques-pcc-diz-estudo-114000258.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email