Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de junho de 2011

[EUA] Democracia?

Ativistas serão indenizados por repressão policial

Do blog Provos.brasil


[Três ativistas receberão 50.000 dólares do FBI e da cidade de St. Paul como compensação por uma incursão policial durante a Convenção Nacional Republicana em 2008.]

Um grupo de ativistas pertencentes ao chamado Comitê de Recepção à Convenção Nacional Republicana foi detido em 30 de agosto de 2008 na cidade de St. Paul, Minnesota, pela polícia, em um espaço alugado há alguns dias antes do início da Convenção Nacional Republicana (RNC), enquanto agentes de segurança realizavam um registro do imóvel. Ninguém foi preso, mas pelo menos 50 pessoas que ali estavam foram identificadas e fotografadas.

Alguns desses ativistas, Sarah Coffey, Erin Stalnaker e Kris Hermes, decidiram processar o FBI (polícia federal estadunidense) e a cidade de St. Paul pela conduta de seus agentes, que, segundo um dos advogados, entraram "não apenas com armas na mão, mas também armas semi-automáticas, e não tinham mandado de busca". A advogada salientou que o local se tornou um alvo só por suas idéias políticas dissidentes.

Finalmente chegou-se a um acordo em 26 de maio, o qual os três ativistas receberão 50.000 dólares como compensação pelos atos de 2008. Estes ativistas destacaram que grande parte do dinheiro vai para o Committee to Stop FBI Repression (Comitê para Parar a Repressão do FBI), o Institute for Anarchist Studies (Instituto de Estudos Anarquistas) e para um fundo de defesa jurídica para ativistas.

Os advogados dos ativistas também direcionaram parte dos seus honorários para um “Fundo de Impacto”, que fornece dinheiro para pequenos escritórios de advocacia e organizações sem fins lucrativos para cobrir ações judiciais de ativistas envolvidos em questões de direitos civis, justiça ambiental e pobreza.

O ataque a este espaço (foto em anexo) foi uma das muitas ações da polícia contra manifestantes nos dias antes do início da convenção republicana, incluindo o recolhimento e gravação do centro de convergência dos protestos, um fato que ainda está pendente no esclarecimento judicial.

Durante os quatros dias que durou a convenção, cerca de 800 pessoas foram detidas, incluindo advogados, dezenas de jornalistas e pessoal médico. Em Minneapolis, 102 pessoas foram presas por "reunião ilegal" após um concerto do Rage Against the Machine. Durante a convenção, mais de 10.000 pessoas protestaram contra as políticas do Partido Republicano, os gastos militares e contra a guerra no Iraque.

(Agência de Notícias Anarquistas - ANA)
http://provosbrasil.blogspot.com/2011/06/eua-ativistas-serao-indenizados-por.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email