Pesquisar este blog

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Facebook atuou contra o Wikileaks atendendo aos interesses do governo norte-americano

“O Facebook atua estranhamente como um concentrador de atenções e uma “draga” de conteúdos. Nele tudo pode entrar, mas nada pode sair”, reforça Sérgio Amadeu. “O Facebook apaga postagens e elimina perfis sem nenhuma obrigação de avisar os usuários. Atuou contra o Wikileaks atendendo aos interesses do governo norte-americano. A democracia inexiste no convívio com os gestores do Facebook. Se o Facebook fosse um país seria uma ditadura e Mark Zuckerberg um déspota de novo tipo”.

2 comentários:

  1. Jornal O Globo: "Obama se tornará, nesta quarta-feira [20/04/2011], o primeiro chefe de Estado a visitar a sede do Facebook." http://ow.ly/4EjSd

    ResponderExcluir

Follow by Email