Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de julho de 2015

A Indú$tria do Holocau$to

"A História não é bem como nos contaram"

"Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade"

--

Livro escrito por um judeu. Cada um que tire suas próprias conclusões:



--

Para o cientista político, Norman Finkelstein, o Holocausto é uma indústria que exibe como vítimas o grupo étnico mais bem-sucedido dos Estados Unidos, permitindo então a apropriação de mais recursos financeiros e, ao mesmo tempo, articular uma campanha de autopromoção por meio da imagem de vítimas. Decorre do conceito original de Finkelstein esta configuração industrializada para o processo de reprodução e promoção dos “dogmas e interesses ocultos do Holocausto”(p. 14), os quais “forçam laços importantes com o judaísmo e o sionismo”(p. 54).
“Indignado com a falsificação atual e grosseira exploração do martírio judeu”, Finkelstein denuncia em sua obra a manipulação do sofrimento dos judeus europeus durante a Segunda Guerra Mundial, principalmente durante o episódio histórico denominado Holocausto. Para ele, o Holocausto é uma indústria que exibe como vítimas o grupo étnico mais bem-sucedido dos Estados Unidos, permitindo então a apropriação de mais recursos financeiros e, ao mesmo tempo, articulando uma campanha de autopromoção por meio da imagem de vítimas.
 Texto retirado de http://inacreditavel.com.br/wp/a-industria-do-holocausto/:

Um comentário:

  1. Henry Makow(escritor canadiano de origem judia)vai ainda mais longe acerca do zionismo no seu website henrymakow.com

    ResponderExcluir

Follow by Email