Pesquisar este blog

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

TWITTER ADMITE CENSURA



terça-feira, 4 de setembro de 2012

 

Alexander Macgillivray, diretor jurídico do Twitter, diz que lutar pela liberdade de expressão é mais que uma boa ideia. Acredita que seja uma vantagem competitiva para sua empresa. Fonte: Folha.

O Twitter encontrou certa turbulência nas últimas semanas, quando pareceu ter esquecido seus princípios. A companhia suspendeu por breve período a conta do jornalista inglês Guy Adams, que vinha usando sua presença no Twitter para criticar repetidamente a cobertura olímpica da rede de TV americana NBC, empresa parceria do Twitter. Fonte: Folha.


Silenciar Adams causou indignação pública (expressada no Twitter, naturalmente), e a tarefa de explicar, pedir desculpas e amenizar danos coube a Macgillivray. No blog da empresa, ele admitiu que um funcionário do Twitter responsável por promover parcerias com grandes empresas vinha monitorando a conta de Adams e havia aconselhado a NBC a apresentar queixa à companhia. Fonte: Folha.


O Twitter, por sua vez, suspendeu a conta de Adams por uma violação de um dos termos de serviço da empresa --Adams havia usado o Twitter para publicar o endereço de e-mail de um executivo da NBC.  Macgillivray ordenou que a conta fosse desbloqueada e apresentou um pedido público de desculpas a Adams. Ele disse que era "inaceitável" que o Twitter vigiasse os tuítes, ainda que não tenha informado se o funcionário responsável pela violação foi ou não punido. "Não devemos e nem podemos estar envolvidos na monitoração pró-ativa e filtragem de conteúdo, não importa quem seja o usuário em questão", ele escreveu. Fonte: Folha.


Guy Adams é um jornalista famoso, portanto o Twitter pediu desculpa formal, mas um simples cidadão como este bloguista que teve seus 2 perfis bloqueados por utilizar-se de "conteúdo inadequado para rede social".  Um deles teve um dos perfis desbloqueados, sem explicação e sem pedido de desculpas.  O outro continua ainda bloqueado.  

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi prof. da UFPR

Twitter: @sakamori10 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email