Pesquisar este blog

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

'Diário de Classe': O outro lado

Fontes ligadas à escola dizem que existe uma insatifação com as publicações feitas pela aluna, já que a instituição de ensino teria tentado conversar com a aluna e com os pais dela sobre os questionamentos da estudante nas redes sociais por diversas vezes, sem sucesso. "A mãe da Isadora tem livre acesso à Escola e à Secretaria e o telefone de vários representantes da educação, mas nunca procura ouvir o outro lado e sempre se manifesta colocando 'os dois pés na porta'", diz uma fonte que não quer ser identificada. "A Isadora que todos conhecem na escola é uma. E a que aparece nas redes sociais é outra, com um português bem melhor e um senso critico bem mais apurado", afirma a mesma fonte.

A superexposição do caso tem gerado a revolta de pais de alunos, que antes chegaram a apoiar o Diário de Classe. "Nós nunca fomos contra o que a Isadora fez. Que pai vai ser contra uma pessoa que luta por melhorias para o local onde seu filho estuda?", diz Wilson Venturini, que tem duas filhas na escola Maria Tomázia (na terceira e sétima séries). "O problema é que no meio do caminho o foco mudou e começaram perseguições a pessoas de bem, que não tiveram como se defender".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email